Blog

5 erros no fluxo de caixa que você deve parar!

5 erros no fluxo de caixa que você deve parar!

A saúde financeira de uma empresa está fortemente ligada a um fluxo de caixa bem-feito e transparente. Afinal, as entradas e saídas precisam ser controladas para que a organização possa avaliar suas estratégias, otimizar o trabalho e reduzir custos, ampliando as possibilidades de lucro.

 

O problema é que muitas empresas cometem erros simples e, na maioria das vezes, nem se dão conta disso. Quer saber se você comete alguma falha grave no seu controle de caixa? Então, continue lendo e saiba quais são os 4 erros que você deve parar de fazer agora mesmo.

 

  1. Não manter os dados atualizados

O trabalho do controle de entradas e saídas deve ser atualizado de maneira diária. Acredite: deixar para daqui a pouco pode ser uma forma de perder algum dado importante e, com isso, influenciar a gestão estratégica das informações financeiras.

Para isso, é ter uma boa ferramenta para os registros. Por exemplo, um sistema em que haja conciliações automatizadas vai economizar muito tempo do gestor e fornecer relatórios de forma simples e fácil. Assim, é possível ter todos os dados em um só lugar e sempre em dia.

 

  1. Não criar categorias

No seu caixa, é extremamente importante que sejam criadas categorias, como por exemplo ?valores recebidos à vista?, ?valores recebidos em cartão de crédito?, ?valores recebidos por depósito bancário?, entre tantas outras.

Categorizando as suas receitas e despesas, ficará mais fácil projetar os seus ganhos em um determinado período, pois saberá a estimativa do que vai ganhar ou pagar em cada segmento. O recurso de categorias, entre outros, pode também otimizar o tempo de análise dos dados financeiros, facilitando as projeções trimestrais, semestrais e anuais.

 

  1. Lançar dinheiro que ainda não entrou

Sabe quando você faz uma venda e parcela em uma quantidade X de vezes no cartão de crédito ou até mesmo no carnê? Em situações como essa, é comum que algumas pessoas somem o valor total no fluxo de caixa, o que é considerado errado.

Você não pode contar com um dinheiro que não entrou no seu caixa. Portanto, em situações assim, deve-se contabilizar cada vez que realmente entrar o valor referente a uma parcela.

 

  1. Não registrar todas as contas a receber e a pagar

Para que o controle seja efetivo, você precisa cadastrar em seu fluxo de caixa todas as entradas e saídas que terá no mês. Contas de água, luz, telefone, internet, despesas com pessoal, tudo isso precisa ser previamente contabilizado para que não haja esquecimento daquilo que precisa ser pago e também recebido.

Lembre-se de que, se você esquecer de pagar uma conta, correrão juros que poderão prejudicar muito as suas finanças, sem contar que o valor da multa poderia ser aplicado de outra forma, como em melhorias na empresa.

 

  1. Não separar despesas pessoais das despesas da empresa

Esse erro é fatal e muito cometido, principalmente por donos de pequenos estabelecimentos ou profissionais liberais. Para ter uma visão realista de como andam as finanças de seu negócio, é preciso não usar dinheiro do caixa da empresa para pagar aquela conta pessoal que você esqueceu ou o cartão corporativo para comprar um lanche na padaria da esquina. Por menor que seja o valor, ele fará diferença na hora de consolidar os dados a cada fechamento.

 

Uma das consequências de misturar os valores da empresa com os pessoais é não ter a certeza dos motivos de um fluxo de caixa negativo. Ao se tornar empreendedor ou gestor de uma companhia, deve-se ter consciência clara desse tipo de divisão, para a melhor administração dos recursos da empresa.

 

Fluxo de caixa é um assunto sério e não pode ser levado na brincadeira. É por isso que fazer a gestão correta é tão importante e requer tanta atenção dos empresários. Então, se você comete algum dos erros citados, trate de começar a se policiar o quanto antes. Isso certamente vai dar a chance de gerir os recursos financeiros com maior qualidade, contribuindo para o sucesso de sua empresa.

 

Como você faz o seu fluxo de caixa hoje? Compartilhe a sua experiência nos comentários!

Compartilhar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.