Blog

como-monitorar-taxas-e-reduzir-custos-nas-vendas-em-cartao

Como monitorar taxas e reduzir custos nas vendas em cartão

São muitos os comerciantes que não acompanham se o valor das taxas de cada transação condizem com o valor negociado no início do credenciamento com a adquirente e esse é um dos erros mais comuns da conciliação de cartão. Nesse artigo vamos apresentar algumas dicas de como monitorar taxas e reduzir custos nas vendas de cartão.

Além disso, o valor cobrado sobre cada uma das transações influencia no preço final do produto, pois com essa informação o comerciante consegue ter certeza de quanto vai ser descontado sobre cada venda em cartão e, consequentemente, definir um valor ideal que não vai comprometer a sua receita.

 

Como monitorar as taxas?

É importante entender que a adquirente recebe por meio de taxas sobre as vendas e outras tarifas como o aluguel da maquininha por isso o controle dessas taxas é indispensável na conciliação de cartões.

Existem dois métodos para certificar que as adquirentes estão cobrando exatamente o valor negociado em cada uma das transações realizadas: o manual, fazendo o acompanhamento pelo portal das adquirentes, e o automatizado, através de um sistema de conciliação.

O primeiro método exige que o responsável acesse o portal de cada uma das adquirentes com as quais o estabelecimento trabalha e confira, venda a venda, as taxas que foram cobradas. No caso de algumas adquirentes não é informado o valor da taxa em si, trazendo apenas o valor bruto e líquido da venda, sendo necessário fazer o cálculo para descobrir a porcentagem que foi descontada. No entanto, além de ser trabalhoso, o método manual pode exigir muito tempo da equipe responsável.

Para otimizar esse processo a Conciliadora sintetiza, em um único relatório, a taxa real descontada sobre cada cartão por cada adquirente no período desejado. Com essa informação basta confirmar se o valor apresentado na nossa plataforma condiz com o que foi contratado com a adquirente e assim reduzir perdas financeiras na sua empresa.

 

Como reduzir custos?

A partir do constante monitoramento das taxas aplicadas, é possível fazer a gestão de cartões para entender em qual maquininha compensa mais passar cada cartão e, com isso, reduzir custos na empresa.

Por exemplo: se foi identificado na fase de monitoramento que a taxa aplicada por uma adquirente X sobre as vendas do cartão Visa Electron é menor e mais em conta que a taxa aplicada pela adquirente Y, conclui-se que é melhor concentrar todas as vendas desse cartão nas máquinas da adquirente X.

Como já falamos aqui, fazer essa análise manualmente demanda muito tempo. A Conciliadora, além de mostrar em um único relatório as taxas aplicadas por todas as adquirentes, também audita todas as transações realizadas pelo cliente em um período e indica o valor total que poderia ter sido economizado caso o cliente fizesse a gestão dessas taxas.

Para viabilizar essa gestão o sistema indica, através de sinais vermelhos, quando o comerciante passa um determinado cartão na maquininha de uma adquirente indevida, ou seja, que cobra uma taxa superior a outra adquirente que ele também trabalha e poderia ter optado por ela para economizar. O sistema também sugere, com setas verdes, em qual maquininha deve-se passar aquele cartão para que seja feita a economia das próximas vezes.

Todas as informações são auditadas e entregues de forma clara e simples para que o cliente precise apenas aplicar a sugestão no dia a dia das vendas em cartão. Ou seja, a nossa tecnologia automatiza processos, agiliza o trabalho, auxilia a sua equipe a detectar cobranças indevidas e a gerir as vendas de cartão da melhor forma.

 

Renegocie suas taxas com a adquirente

Depois de algum tempo monitorando as taxas aplicadas pelas adquirentes é possível entrar em contato com essas para tentar renegociar as taxas sobre uma ou mais bandeiras a fim de reduzir os custos da empresa nas vendas com cartão.

Antes de entrar em contato com a adquirente o ideal é ter em mãos relatórios de pelo menos três meses de faturamento com uma adquirente para apresentar a expectativa do volume de vendas nos próximos meses.

Além disso, também é interessante identificar qual modalidade de pagamento (débito, crédito à vista ou crédito parcelado) representa o maior volume de vendas na empresa e com essa informação, pedir um reajuste sobre essa forma de pagamento.

Para facilitar a negociação, é indispensável ter em mãos relatórios precisos de quanto se vende de cada modalidade e bandeira em um mês nas maquininhas de todas as adquirentes que você trabalha, pois assim é possível demonstrar também a diferença entre a taxa praticada pelo concorrente da adquirente com a qual está negociando e fortalecer o argumento.

 

Comece agora a ter controle das taxas aplicadas pelas adquirentes e reduza custos na sua empresa! Clique aqui e solicite o contato de um de nossos consultores.

Já é nosso cliente e quer entender melhor como monitorar as taxas e reduzir custos nas vendas de cartão? Mande um e-mail para relacionamento@conciliadora.com.br ou entre em contato com nossa equipe de suporte através do chat.

 

Veja abaixo algumas dicas de matérias:

Compartilhar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.