Blog

Conciliação bancária: qual a importância para a sua empresa?

Conciliação bancária: qual a importância para a sua empresa?

Fazer conciliação bancária é uma tarefa indispensável para qualquer empreendedor e não pode ser jamais negligenciada. É por meio de uma conciliação bancária bem feita é que será possível ter uma melhor previsão do fluxo de caixa e fazer um planejamento orçamentário mais efetivo.

Isso porque quando as informações são apuradas com rigor resultam em relatórios contábeis mais fidedignos e adequados para um maior controle patrimonial e maior segurança na elaboração das demonstrações contábeis destinadas ao Fisco.

Você certamente já ouviu falar de conciliação bancária. Mas, talvez não saiba bem como fazê-la. Não se preocupe: você não é o único. Muitos gestores ainda não incorporaram esse hábito tão importante que é fazer a conciliação bancária em suas empresas, seja por desconhecerem esse recurso, seja por ignorarem seu papel na rentabilidade da empresa.

Nesse post vamos mostrar o que é e como fazer a conciliação bancária e, principalmente qual é a sua importância para que sua empresa alcance os resultados desejados.

O que é a conciliação bancária?

Conciliação bancária nada mais é do que a comparação entre os dados referentes à conta bancária de sua empresa e as anotações efetuadas pelo departamento financeiro. É feita uma análise das movimentações – entradas e saídas – apontadas pelo financeiro e das informações contidas no extrato da conta corrente.

Dessa maneira, é possível confrontar as vendas efetuadas por cartão de crédito e boleto bancário, por exemplo. E é possível descobrir se os lançamentos estão de acordo com o extrato bancário.

Essa é uma tarefa que deve ser realizada diariamente, de preferência nas primeiras horas do dia. Dessa maneira fica bem mais fácil planejar os pagamentos diários.

Como efetuar a conciliação bancária?

Fazer a conciliação bancária não é um processo complicado. Um hábito importante deve ser incorporado, que é o de fazer o registro tempestivo de todas as entradas e saídas nas contas bancárias. Deve-se também analisar se o saldo final e o inicial do controle interno estão de acordo com as informações contidas nos extratos bancários. Havendo alguma diferença, é preciso identificá-la e efetuar o acerto.

É importante ficar atento às datas e não esquecer de guardar todos os documentos referentes às transações: recibos, notas fiscais, comprovantes de pagamentos, extratos, etc.

Realizar essa tarefa ficará bem mais simples se você contar com uma ferramenta adequada. Conciliar vendas efetuadas com cartão, pagamentos recebidos e por receber e repasses feitos pelas operadoras de cartão, por exemplo, são tarefas complexas de serem realizadas manualmente, mas que podem ser feitas em poucos segundos por uma ferramenta tecnológica.

Qual é a importância da conciliação bancária para sua empresa?

Você já sabe o que é e como fazer a conciliação bancária, mas, deve estar pensando: será que vale a pena perder tempo e esforço com essa tarefa? Pois saiba que vale – e muito! – a pena. Essa é uma excelente ferramenta de controle, pois lhe permite acompanhar todas as movimentações bancárias e financeiras da empresa e saber a qualquer momento quais são os recursos disponíveis.

Fazer a conciliação evita prejuízos e evasão de recursos. É através dela, por exemplo, que se pode identificar algum débito indevido na conta corrente. Pode ser uma tarifa indevida ou um débito automático não autorizado. Evita-se também o pagamento de multas por atraso no cumprimento de compromissos financeiros. E por fim, você descobrirá que fazer o fluxo de caixa se tornará bem mais simples com a conciliação bancária pronta e atualizada.

Não dá para ignorar a importância da conciliação bancária para o sucesso de seus negócios, não é mesmo? Então, não perca tempo! Incorpore logo esse hábito em sua empresa! E para começar escreva um comentário abaixo contando qual é o principal benefício você espera alcançar.

Compartilhar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.