Blog

Fraudes contábeis

Fraudes contábeis

Existe um ditado muito usado entre os contadores: ?O extrato não mente?. Apesar do extrato bancário nunca mentir, essa conta não está livre de fraude. Os noticiários estão repletos de reportagens sobre esse assunto, muitos voltados para a fraude no uso do banco na internet.

Entenda duas práticas de fraude comuns para empresas: 1: Tarifas indevidas e 2: Cartão corporativo.

 1) As tarifas bancárias são cobradas em contraprestação a um serviço extra, prevista em contrato. Os gerentes bancários normalmente têm metas agressivas nas vendas desses serviços e muita das vezes acabam cobrando tarifas por serviços não contratados. A única forma de prevenir esse tipo de fraude é o uso de ferramentas de conciliação bancária. O objetivo da conciliação é justamente identificar e comparar todas as entradas e saídas ocorridas no extrato bancário.

 2) Algumas empresas adotam os cartões de débito corporativo com o intuito de acelerar algumas pequenas compras. Essa prática tem um controle extremamente frágil o que aumenta e muito o risco de distorção. Além do uso com má fé do usuário do cartão pode ocorrer também a clonagem do cartão. A conciliação junto com a análise da prestação de contas dos gastos com cartão são medidas suficientes para detectar uma possível fraude nesse processo. (Fonte: Contábeis)

Erros e fraudes sempre irão existir, as medidas cabíveis são para diminuir esse risco para quase zero. As fraudes mais complexas que envolvem mais de uma pessoa, são mais difíceis de serem detectadas e naturalmente aumentam o risco de desvio.

Com isso, a conciliação (bancária, de pagamentos e vendas) é a solução mais segura e prática para total controle financeiro da sua empresa, e também a resguarda-la de possíveis erros ou fraudes.

A Conciliadora oferece a conciliação automática, com recursos detalhados e total segurança para sua empresa.  Entenda melhor como funciona e como utilizar os recursos oferecidos pela  Conciliadora.

Compartilhar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.