Blog

Gestão de recebimentos: peça chave para o sucesso do seu negócio

Gestão de recebimentos: peça chave para o sucesso do seu negócio

Em tempos de crise, uma boa gestão de recursos pode ser a diferença entre continuar no mercado ou fechar as portas. Entre os principais itens envolvidos na gestão de recursos estão a gestão de recursos humanos – ou seja, de sua equipe, controle de estoques – implicando o controle dos produtos oferecidos e dos materiais necessários à oferta dos seus serviços, gestão de pagamentos realizados pela sua empresa e gestão de recebimentos, ou das receitas resultantes dos serviços e produtos comercializados. E é principalmente sobre o controle das entradas de recursos ou dos recebimentos que vamos falar hoje. Por isso, o tema – Gestão de recebimentos: peça chave para o sucesso do seu negócio – é tão importante.

 

Gestão de recebimentos: mantenha as finanças do seu negócio em dia!

Nossa primeira dica para uma boa gestão de recebimentos é a seguinte: seja organizado! Parece simples, mas muitas empresas pecam pela organização de seu registros, dificultando a gestão financeira como um todo. E todos sabem que uma boa organização é peça chave em qualquer aspecto do seu negócio, mas especialmente no delicado setor financeiro: afinal, é ela que vai permitir um melhor controle sobre os valores que realmente estão sendo recebidos na conta da sua empresa, sobre aqueles valores que precisam ser cobrados e, para as empresas que trabalham com vendas no cartão, se tudo está ok nas transações realizadas pela sua operadora de cartão. Uma empresa que peca na organização corre o risco de ficar no prejuízo com “vazamentos” e perda de receitas…

Uma boa forma de manter a gestão de recebimentos é traçar o perfil do seu consumidor: tenha clareza sobre o perfil de consumo e a forma de pagamento da preferência do seu público alvo. Ao estabelecer a forma de pagamento padrão dos seus clientes – à vista, débito, crédito, boleto, etc. -, é possível ter um maior controle sobre quando essas receitas vão estar efetivamente disponíveis na conta da sua empresa para serem reaplicadas no seu negócio. Trabalhar com padrões é uma forma excelente para automatizar processos rotineiros, como o envio de lembretes aos clientes com pagamentos pendentes e a cobrança dos inadimplentes.

Outra dica de peso para quem lida com vendas é não ter medo de cobrar. A inadimplência do cliente tem um impacto no orçamento do seu negócio e é preciso sim correr atrás para não ficar no prejuízo. Oferecer vantagens para pagamentos adiantados ou à vista pode ser uma boa opção para reduzir a ocorrência desse tipo de comportamento do consumidor.

 

Varejo: por que a gestão de recebimentos merece sua atenção especial?

Antes de mais nada, gestão de recebimentos merece sua atenção por ser parte importante no seu controle de fluxo de caixa. Afinal, não se pode contar com um valor que ainda não foi recebido: e uma boa gestão de recebimentos está aí para isso – para te ajudar a ter um controle mais efetivo sobre o que realmente entrou na conta da sua empresa, e quais o valores que deveriam ter entrado, mas não entraram. Contar com valores que não foram devidamente recebidos, pode levar a sérios desequilíbrios financeiros, como investimentos ou aquisições pelas quais a sua empresa não poderá arcar.

Um boa gestão de recebimentos é ainda essencial para o planejamento estratégico da sua empresa. A partir dele, é possível definir quais os futuros investimentos podem ser feitos, seja no espaço físico, na contratação de outros membros para a sua equipe ou até na renovação de estoques. Definir as épocas de maior entradas e o perfil de consumo do seu cliente permite também definir estratégias de marketing direcionadas, que alcançarão maior retorno junto aos seu público alvo.
Por fim, para que depende das vendas para manter o negócio – onde o capital de giro é baixo – a gestão de recebimentos é essencial para evitar as perdas associadas à reincidência de clientes inadimplentes.

 

Como melhorar a gestão de recebimentos da sua empresa?

Uma das maiores dificuldades para os empresários na hora de controlar os recebimentos é certamente a falta de unidade nos registros e no controle dos dados referentes aos pagamentos. Muitas vezes é preciso gerenciar um sistema para emissão de boletos, outro para contato com os cliente, um terceiro para gerenciar as transações realizadas pela operadora de cartão de crédito, outro ainda para lidar com os clientes inadimplentes. Por isso, a primeira dica é: utilize a tecnologia à seu favor, não contra. Invista em um sistema ERP online que permita integrar a emissão de ordens de serviço, a geração de notas fiscais e de boletos, a comunicação e cobrança junto aos clientes em uma só plataforma. Um bom exemplo desse tipo de serviço, são as funcionalidades atreladas ao software GestãoClick.

Por fim, sabemos que hoje em dia todo mundo paga com cartão: poucas pessoas optam pelo pagamento em dinheiro e, dada a crise, muitos clientes estão operando continuamente na função crédito. E, claro, trabalhar com operadoras de crédito nem sempre é tarefa fácil para os empresários… No meio de tudo que a gestão do seu negócio exige, ainda é preciso separar tempo para verificar passo a passo os valores e dados da compra registrados pela operadora, estar atento às taxas praticadas, verificar os depósitos realizados pela operadora na conta da empresa, etc. Por isso, não complique: invista em um serviço especializado de conciliação de cartões, como o da Conciliadora.

Considere sempre que investimentos inteligentes permitem facilitar o processo de gestão do seu negócio, e deixam o seu tempo livre para o que mais importa: o seu cliente.

Compartilhar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.