7 principais fraudes com cartão que afetam as empresas - Conciliadora - Conciliação de cartão de crédito

Blog

7 principais fraudes com cartao que afetam as empresas

7 principais fraudes com cartão que afetam as empresas

As fraudes com cartão só aumentam no Brasil. E os mais prejudicados são as empresas. No e-commerce, por exemplo, uma a cada 26 compras online é feita por um fraudador, segundo um levantamento feito pela Konduto. Por isso você deve conhecer as mais praticadas:

1. Troca de maquinetas

Ocorre quando o fraudador vai até a empresa uniformizado se passando por um agente de uma operadora de cartão e informa que a maquineta de cartão deve ser trocada. Fique atento! A máquina trocada direciona todos os pagamentos para o golpista.

2. Comprovantes falsos

Neste caso, o fraudador também vai até a loja, porém como se fosse um cliente comum, e simula uma compra com cartão na maquineta. Mas sem deixar o vendedor perceber, ele cancela a operação. Apenas imprime uma via da compra anterior feita nesta maquineta. Ele guarda este comprovante e entrega um falso. Se o vendedor não conferir este comprovante falso, vai entregar o produto sem ele ter sido pago.

comprovantes-falsos

CHARGEBACK: Entenda

O chargeback acontece quando há o cancelamento da compra por pedido do titular do cartão. Veja alguns exemplos:

3. Fraude efetiva:

ocorre quando o fraudador faz a compra utilizando dados ou cartão roubados. Ao perceber o golpe, o titular do cartão não reconhece a compra e pede o cancelamento.

4. Auto-fraude:

quando o próprio titular do cartão faz a compra e cancela com má intenção.

5. Fraude amiga:

nesta fraude, o titular do cartão empresta o cartão para amigos ou familiares mas não reconhece as compras feitas e as cancela.

6. Clonagem de cartão

Já ouviu falar em “chupa-cabra”? Esta fraude ocorre quando os dados do cartão são clonados por dispositivos alojados nos caixas eletrônicos dos bancos e nas maquinetas dos estabelecimentos comerciais. Permitindo que sejam usados posteriormente pelos golpistas.

golpe-por-telefone

7. Fraude por telefone

Esta ocorre quando um fraudador liga para o titular do cartão e se identifica como funcionário de uma operadora de cartão. Ele questiona se o titular realizou uma compra no valor de R$500,00, por exemplo. Como o titular vai negar a compra, ele afirma que o cartão foi clonado. Em seguida, pede para confirmar os dados do cartão como medida de segurança. Ao finalizar a ligação o fraudador tem o que precisa para comprar na internet.

Quando acontecem as fraudes, a sua empresa perde dinheiro. Mas por que? No caso do chargeback, por exemplo, o titular cancela a compra, você não recebe o dinheiro e fica sem a mercadoria que já foi entregue ao fraudador. Esse prejuízo pode ser minimizado com um eficaz monitoramento das fraudes. Ao monitorar você identifica o cancelamento, em seguida, recorre à operadora a tempo e recebe o dinheiro da compra.

Em outros casos, você consegue identificar fraudes através do monitoramento de vendas não repassadas pelas operadoras. Ou seja, você identifica que não recebeu algumas vendas e descobre que os motivos foram fraudes. A partir de então, evita que essas fraudes aconteçam mais vezes diminuindo assim significativamente o prejuízo.

A conciliação de cartão é uma maneira de identificar vendas fraudulentas, chargebacks e com isso reduzir perdas financeiras.

Com a Conciliadora, sua empresa monitora as fraudes e tem total controle do fluxo de vendas com cartão. Clique aqui e comece a conciliar!

Compartilhar

Comentário (1)

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.