Blog

alta demanda por credito amplia mercado de vendas no cartao

Alta demanda por crédito amplia mercado de vendas no cartão

O crédito escasso no mercado restringe cada vez mais as possibilidades para o empresário investir no seu negócio sem comprometer o fluxo de caixa e o planejamento administrativo. De olho nesse filão, empresas especializadas em antecipação de recebíveis começam a ofertar novos serviços que vão além das tradicionais compras de títulos como cheques, duplicatas e direitos de contratos. Com isso, cresce a demanda de antecipação nas vendas com cartão de crédito, e até débito, abrindo ainda ao empresário a oportunidade de ampliar o prazo da venda parcelada, passando a concorrer em igualdade com grandes redes.

Antecipar recebíveis de cartões de crédito não é novidade. Para oferecer benefícios e atrair clientes, algumas empresas de factoring ? setor que antecipa títulos ? fazem parcerias com adquirentes de cartões, oferecem a máquina a custo zero (sob consulta) e garantem o recebimento das vendas em prazo e forma estipulados pelo próprio empresário.

Modernas e de alto padrão, as máquinas têm tecnologia de ponta, aceitam cartões Visa e Mastercard, são previamente configuradas para calcular o parcelamento e permitem que o empresário acompanhe on-line a movimentação de suas vendas, sem precisar guardar centenas de comprovantes em papel.

Quase ninguém mais carrega cédulas e talão de cheques na carteira, apenas cartões. Dispor de equipamento para transações via cartão, portanto, tornou-se requisito obrigatório para empresas de todos os portes. Além disso, quem compra quer prazo e quem vende quer receber à vista. ?Essa realidade de mercado nos levou a inovar a atividade de factoring, lançando um produto que oferece vantagens exclusivas, atende às expectativas de empresários e consumidores, sem mensalidade, sem anuidade e sem burocracia, e permite vender em até 12 vezes, antecipando o recebimento para poucos dias após a transação?, explica Renato Junqueira, presidente do Grupo Federal Invest, maior rede de factoring do país, que já disponibiliza esse serviço para seus clientes.

Pequenas e microempresas são as principais beneficiadas, pois passam a oferecer aos consumidores as mesmas vantagens de parcelamento de grandes redes, sem necessidade de investir em aquisição ou aluguel da máquina de cartões e sem comprometer o capital de giro. Além disso, o empresário não precisa esperar 30 ou 45 dias para receber o pagamento efetuado pela operadora de cartão.

O mercado de cartões de crédito e débito não para de crescer. Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços ? Abecs, as transações do segmento no país movimentaram no ano passado mais de 1 trilhão de reais, valor 10,5% maior que o verificado em 2014. Os cartões de crédito foram responsáveis por 62% desse montante.

Fonte: Investimentos e Notícias – 08/11/2016

Compartilhar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.