Blog

Até seu cartão de crédito deverá ter leitor biométrico em breve

Até seu cartão de crédito deverá ter leitor biométrico em breve

Sensores de impressões digitais já viraram obrigatoriedade em smartphones tops de linha e, em breve, podem chegar até ao seu cartão de crédito. A Oberthur Technologies está desenvolvendo uma nova geração de cartões equipados com leitor biométrico para autenticação do dono. Com o recurso a expectativa é que a compra se torne mais segura, dispensando até a memorização de senhas.

A tecnologia consiste em usar a impressão digital para validar uma compra no caixa de supermercado ou qualquer outro estabelecimento comercial com máquina física. Assim como sistemas de pagamentos digitais como o recém-chegado Samsung Pay, a ideia é impedir que terceiros façam transações com um dispositivo roubado.

cartão com sensor de digital - Oberthur

Cartão com sensor de digital – Oberthur

Frente à novidades como Samsung e Apple Pay, o cartão com sensor de digital pode ser melhor porque não depende de bateria para funcionar. Teoricamente, o sensor opera somente quando conectado a uma máquina, que energiza o cartão momentaneamente. Em pagamentos digitais com o celular, o aparelho deve ter sempre bateria sobrando para efetuar uma compra.

Ainda não há mais detalhes sobre o produto, além de uma única imagem oficial. Não se sabe, por exemplo, como se dará o processo de cadastramento da digital, se por meio de caixas eletrônicos, aplicativo ou até pelo próprio cartão – como você pode ver na foto, ele tem dois LEDs que podem servir de guia.

De qualquer maneira, o cartão da OT só deverá estrear em 2017, ano em que instituições bancárias poderão começar a oferecê-lo aos seus clientes.

cartão com sensor de digital

Cartão com sensor de digital – Zwipe

A solução prometida pela Oberthur Technologies não é a primeira do tipo. Em 2014, a Mastercard lançou em parceria com a Zwipe um cartão já equipado com sensor de digitais. No entanto, a oferta do produto foi escassa, e acabou não se tornando popular.

Em alguns meses, a nova aposta terá justamente a tarefa de tornar o cartão sem senha barato o bastante para ser adotado em larga escala.

Fonte: tudocelular

Compartilhar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.