Blog

Conheça 6 dicas infalíveis para fazer um bom relatório empresarial

Conheça 6 dicas infalíveis para fazer um bom relatório empresarial

relatório empresarial, controle financeiro, Conciliadora, relatórios, sistemas de gestão automatizados, controle das vendas com cartão

Quer gerenciar de forma inteligente? Aprenda a fazer um bom relatório empresarial de uma vez por todas.

Veja estes dados: empresas que utilizam de sistemas de gestão empresarial têm crescimento 35% mais rápido e produtividade 10% maior do que as que não possuem acesso a soluções similares.

Esses são resultados de uma pesquisa desenvolvida pelo IDG Research Services a pedido da Sage.

A Conciliadora oferece sistema ERP/Sistemas: API de integração com conciliação detalhada. E isso realmente confere algumas vantagens como auditoria completa e automática do seu sistema, acessibilidade, usabilidade, qualidade e inteligência de dados.

Isso mostra que um relatório é um documento importantíssimo dentro de qualquer empresa. Ela passa informações concisas e claras sobre um determinado assunto.

É a partir dele que você ou sua equipe irão conseguir fazer análises para tomar decisões assertivas. O próximo investimento, a próxima contratação e adoção de novas tecnologias são apenas alguns exemplos de ações que andam lado a lado dos relatórios.

E para medir os reais resultados?

O relatório empresarial organiza claramente todos os dados obtidos que serão posteriormente analisados. Você vai saber com precisão como anda o seu rendimento real.

Para gerenciar de forma inteligente, você precisa manter em dia o controle financeiro da sua empresa.

Gestores, os relatórios precisam ser:

– atualizados;
– confiáveis;
– verificáveis;
– objetivos;
– relevantes.

Assim, você vai evitar retrabalho, economizar tempo e dinheiro.

Veja 6 dicas infalíveis para fazer um bom relatório empresarial.

Ainda não leu o nosso último artigo? Você sabe o que é ROI? Descubra e aprenda como calculá-lo

 

#Dica 1 – Defina o escopo do relatório

O primeiro passo é se perguntar qual o objetivo daquele relatório. Pra que ele existe? Para mostrar produtividade, gastos ou controle de caixa, por exemplo?

Assim, as informações que serão inseridas para formar o escopo já terão um foco delimitando a sua trajetória.

Lembre-se de ser objetivo sempre. Confira se qualquer pessoa que receber o relatório vai conseguir fazer uma leitura rápida e fácil. Não dê margem para dúvidas.

De forma geral, quando for elaborar um relatório, leve em consideração estes itens abaixo:

– Destinatários – Para quem se elabora um relatório gerencial? Quem terá acesso ao mesmo? Adapte o modelo para o público correto;

– Objetivo – o que se deseja conseguir com a sua utilização? Tenha em mente onde você quer chegar com este documento;

– Conteúdo – Agora que você já sabe o objetivo, quais itens o levam para ele? Escolha também de acordo com o público que terá acesso;

– Forma – Escolha um modelo que seja comunicativo, fácil e organizado.

Não esqueça de escolher um título que vá abranger claramente todas as informações. Salve também com uma referência que facilitará o arquivamento, buscas e pesquisas.

Vai imprimir? Adeque para o formato de impressão – tamanho de página, margens etc.

 

#Dica 2 – Faça comparações com períodos anteriores

Como você vai saber se sua empresa está crescendo sem comparar com dados anteriores? É impossível, não é?

Mantenha as informações bem armazenadas por período. Assim, vai ficar fácil fazer a consulta a qualquer momento.

Não se esqueça também de anotar os resultados da concorrência. Compare os dados e veja se você está muito fora do padrão do mercado.

 

#Dica 3 – Esteja em dia com o controle financeiro

Conheça 6 dicas infalíveis para fazer um bom relatório empresarial

Com um sistema de controle das vendas com cartão como a Conciliadora, fica mais prático fazer o monitoramento financeiro.

Mas é de extrema importância que sua equipe acompanhe e atualize os dados diariamente. É desta forma que fraudes, divergências ou erros nas transações são detectados a tempo de contestar, você minimiza os prejuízos.

 

#Dica 4 – Utilize recursos visuais de fácil entendimento

Se você aprendeu que infográficos, tabelas e campos preenchidos com cores são ótimos para um bom esclarecimento de determinados assuntos, vai ter que abandonar esse padrão para os relatórios.

Isso porque eles combinam com uma estratégia de organização mais simples. Escolha um padrão como vermelho para indicar algo negativo, amarelo um alerta e verde positivo.

É simples, claro e objetivo.

Isso também vai te interessar. Quais os benefícios do credenciamento de cartões + Conciliação?

 

#Dica 5 – Opte por sistemas de gestão automatizados

A indicação automática de erros e divergências facilita muito o processo de controle financeiro. Para realizar a conciliação de cartão, por exemplo, não é diferente.

Muitas vezes a intervenção das pessoas pode causar alguns desfavorecimentos. Isso porque podem ocorrer possíveis adulterações dos dados propositalmente ou não, erros de digitação, erros em cálculos etc.

Quando o sistema é automatizado as informações são entregues via sistema diretamente pelas operadoras e tratados pelo sistema de conciliação. Por isso, uma boa conciliação deve sempre ser imparcial.

A Conciliadora audita suas vendas com cartão com informações recebidas diretamente das operadoras e os trafega com o mesmo nível de segurança dos bancos.

Ou seja, toda a auditoria é 100% fidedigna com o que de fato as operadoras trabalham.

Por exemplo: Se uma venda realizada em sua loja não foi processada corretamente pela operadora de cartão, na Conciliadora você irá identificar essa divergência e poderá argumentar à sua operadora garantindo assim o recebimento desta venda.

Com ela, você também tem controle de todas as taxas cobradas em cada uma das bandeiras que você realizou vendas.

Concluindo, você gera relatórios precisos e confiáveis.

 

#Dica 6 – Elabore uma conclusão clara

Conheça 6 dicas infalíveis para fazer um bom relatório empresarial

Agora, você já aprendeu a organizar tudo direitinho. Sua equipe está com o escopo dos dados completos, campos dos relatórios preenchidos e armazenados.

Acabou? De jeito nenhum!

Chegou um dos momentos mais importantes.

É hora analisar e concluir. Mas agora está fácil! Você vai ver como ter tudo em suas mãos de forma organizada facilita na hora de chegar a uma conclusão.

Lembre-se de construir conclusões claras e objetivas. As tomadas de decisões da sua empresa agora serão embasadas.

Acesse www.conciliadora.com.br Siga a Conciliadora nas nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter (@Conciliadora). Assim, fica mais fácil saber as novidades.

Compartilhar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.